Organizando minha Viagem - Parte 1



Estou planejando uma viagem para este ano. Então, vou tratar do tema aqui.

Por onde começo? São tantas providências que preciso listar, desde o que é mais urgente até os pequenos detalhes.

Mas, antes, é importante entender a motivação da viagem. Eu fui convidada para o aniversário de minha filha que mora fora do Brasil. Ah... essa é uma ótima oportunidade! Além de tirar uns dias de folga, terei a chance de estar com minha filhota no período de férias dela, também. Isso é motivo de imensa alegria!

Para minha sorte, vou ficar na casa de minha filha e não terei despesas com hospedagem. Mas, vou contribuir nas compras de supermercado para as refeições e manutenção da casa, além de preparar algumas refeições, com certeza!

Então, a primeira coisa é fazer um planejamento de gastos que terei antes, durante e depois da viagem. Vamos lá!

Preço de passagens aéreas, seguro viagem e taxas - no meu caso, vou em baixa temporada e os valores sempre são mais atrativos;

Gasto com presentes e lembrancinhas comprados no Brasil (afinal, os anfitriões merecem!)

Gasto com alguns acessórios e roupas novas para estrear durante a viagem;

Gasto com Hotelzinho para meus bichinhos de estimação, durante o tempo que ficarei fora;

Custo do translado de casa ao aeroporto e do aeroporto para casa – minha filha irá me buscar de carro, então não terei despesas com translado ao chegar lá;

Custo aproximado dos passeios locais, mas que caiba no meu bolso;

Custo aproximado das refeições e compras de supermercado;

Gasto com souvenires (não resisto às feiras de artesanato e objetos regionais!) 

Tendo esse cálculo, a ideia é economizar e juntar a quantia que preciso, sem comprometer meu orçamento mensal. Serão 6 meses economizando!

O segundo passo é verificar meu passaporte se está em ordem e providenciar o que for necessário para não ter surpresas de última hora.

O próximo passo agora é providenciar as passagens com uma agenciadora de viagens, que conhece a melhor época para comprar e tem trânsito nas companhias aéreas. É mais prático e seguro, assim evito contratempos. 

Tenho sorte de ter uma grande amiga, que estará me ajudando com esta viagem.

Bem, é esta fase em que estou. Mas, ainda falta pensar em muita coisa.

Resumindo as providências iniciais para uma viagem ao exterior:

  • Iniciar planejamento com quatro a seis meses de antecedência do período de viagem.
  • Pesquisa junto à agencia de viagens quanto a preços de passagens aéreas, translado, hospedagem e opções de passeios.
  • Providenciar ou atualizar o passaporte e consultar sobre as exigências do país de destino.
  • Fazer uma estimativa de gastos e estipular um limite para a compra de lembrancinhas, artesanato local, atividades extras e refeições.
  • Pesquisar gastos para a manutenção e segurança de sua casa, cuidado com os bichos de estimação e plantas.

Lembre-se: uma boa projeção de gastos durante a viagem ajuda você a ter sua vida financeira equilibrada!

Na próxima postagem, vou abordar a resolução da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) sobre as novas regras de cobrança extra pelo despacho das malas de viagem. Será que terei que calcular esse gasto, também?

E, você? Planeja viajar? Quais são suas dificuldades para providenciar tudo para a viagem? Conte um pouco de sua experiência! 

Meu abraço,

Como estão os documentos na empresa?

Crédito: Shutterstock
É incrível a quantidade de documentos que as empresas recebem diariamente. E lidar com tanto papel é um dos grandes problemas para a maioria dos profissionais que trabalham em setores que se envolvem com tanta papelada.

Uma das perguntas feitas em casos como esse é:

“Como organizar esses documentos de uma forma eficiente, visto que a falta de organização faz com que muitas coisas úteis acabem se perdendo, e que coisas que já não servem para mais nada fiquem ocupando espaço no ambiente?”

Crédito: Dreamstime
Para uma boa organização de documentos é interessante distribuir os mesmos em categorias. Isso pode variar de empresa para empresa, e depende muito de que tipo de arquivo estamos falando. Porém, de qualquer maneira, as categorias vão ajudar as pessoas envolvidas no trabalho a encontrarem com mais facilidade todos os documentos necessários.  Contratos é uma categoria, Contas a pagar é outra categoria, Contas a receber é outra categoria, e assim por diante.

Uma forma muito prática para organizar essa categorização é arrumar as pastas e/ou arquivos em ordem alfabética. Dentro dessas pastas é possível inserir os tipos de documentos organizados para que ninguém tenha dificuldade para encontrá-los. O grande desafio é fazer com que todos respeitem essa rotina e mantenham tudo sempre organizado.

Arquivo Suspenso

Crédito: Deathtostock
A instalação de um arquivo suspenso é uma escolha perfeita para que você mantenha a organização, sem precisar fazer a retirada de caixas toda vez que receber um documento. É importante que o trabalho de arquivar os documentos recebidos seja feito diariamente – desta forma, você evita acúmulo e desorganização no ambiente.

Assim como a opção de categorização de pastas, o arquivo suspenso também deve entrar na rotina de todos os funcionários, pois, só assim, a organização se manterá. Os novos funcionários e os mais experientes sempre saberão onde encontrar cada um dos itens utilizados no dia a dia do trabalho.

Espaço extra fora da empresa

Um problema para empresas que possuem pouco espaço é que, dependendo do número de documentos que elas recebem diariamente, a área ocupada pelos mesmos acaba tornando a organização do restante do ambiente muito complicada.

Existem algumas dicas que podem ser tomadas para minimizar esses problemas. Uma das mais indicadas é a digitalização de documentos - dessa forma, todo documento que chegar até a empresa pode ter uma cópia digitalizada e mantida em um ambiente virtual. Esse ambiente pode ser diretamente na nuvem (cloud computing) ou em um servidor dentro da empresa.

E os documentos físicos? 

Eles continuam sendo importantes, porém, eles podem ser arquivados em outro ambiente, como numa empresa especializada em armazenamento. A GoodStorage, por exemplo, tem um ambiente que fornece boxes para a instalação de arquivos para a armazenagem de documentos, protegendo-os de fungos e umidade. 

Essa é uma opção que ganha cada vez mais adeptos nos país, pois possui um preço bem acessível e fornece inúmeras vantagens para todos os envolvidos. Vale a pena conhecer o trabalho de uma empresa de armazenamento. 

Assim como na técnica do queijo suíço, mencionada no post sobre a organização de um ambiente de trabalho, contar com algumas pessoas para te ajudar com alguns “buracos” é fundamental.

Uma empresa organizada, certamente, é uma empresa que fatura muito mais.

Portanto, se você precisar da ajuda de uma Personal Organizer, você sabe que pode contar conosco aqui no blogue.

Nota: O texto desta postagem é um Guest Post, escrito por Joana Marques, pesquisadora, trabalha com a produção de conteúdos e marketing digital. 

Visualizações

Agradecimentos

Ari Hollaender - consultoria em Marketing

Marcadores

Voltar ao topo