Trabalho na cozinha - Parte 2


Mantenha a despensa sempre bem equipada

Nada de comprar latarias em demasia ou cereais em quantidades exageradas: lata enferruja e os cereais são vítimas de bichinhos. No entanto, é preciso estar preparado para receber uma visita inesperada.

A boa organização de sua vida doméstica depende única e exclusivamente de você. De nada adianta, por exemplo, trazer pacotes e mais pacotes de compras para dentro de casa, se não tem onde guardar essas compras. Hoje em dia, as cozinhas são menores e as famílias também. Assim, ao invés de abarrotar sua despensa e, na hora de cozinhar, ficar procurando aquela latinha de tempero que o prato exige, faça um planejamento semanal para suas compras.

É melhor perder 20 minutos a cada semana e, com calma, elaborar os cardápios em função das pessoas que estarão em casa naqueles dias do que, de repente, descobrir que está faltando maisena para engrossar o molho indispensável ao prato que você começou a preparar. Portanto, faça sempre sua lista de compras em função do cardápio da semana e, no dia em que for ao supermercado, reserve algum tempo para arrumá-las na despensa. 

Aliás, nesse dia não programe muita coisa além das compras, porque, no supermercado, examinando datas e comparando preços, você também vai gastar um bom tempo. Afinal, todo esse trabalho será compensado quando, no dia-a-dia, você encontrar tudo ao alcance de suas mãos, na hora de cozinhar. Portanto, o mais importante mesmo é saber como e o que comprar.

Só você pode determinar isso, mas existe algumas regrinhas que é preciso ter em mente na hora da compra:

- Não leve para casa produtos congelados que apresentem crostas de gelo em suas embalagens. Isso significa que o produto sofreu mudanças de temperatura, o que pode deteriorá-lo.

- Comprando carne ou frango embalado, olhe bem, vire e revire o produto: isso é importante para verificar se há alguma parte cozida pelo gelo ou com cor estranha, o que significa deterioração.

- Procure sempre sentir o odor das carnes salgadas: acentuado, significa processo de deterioração. Aliás, isso é válido também pra frutas e legumes.

- Tenha cuidado com produtos brancos em carnes salgadas, vermelhão no bacalhau e “canjiquinhas” nas carnes frescas: notando algum desses sinais, não leve o produto para dentro de casa.

- Evite fazer suas compras de supermercado no final ou princípio do mês: como as empresas pagam geralmente nesses dias, as filas costumam ser imensas e os melhores produtos esgotam-se com muita rapidez. Evite também os sábados, quando o movimento é sempre muito grande. Qualquer que seja o dia prefira as horas da manhã: são sempre mais tranquilas. 

A melhor maneira de se guardar as compras

Chegando em casa, arrume tudo de uma forma racional e fácil de encontrar. Latas e caixas de produtos não perecíveis devem ser guardadas umas atrás das outras, respeitando-se os tamanhos e tipos de produto (isso torna fácil encontrá-las e saber as que faltam quando da próxima compra). Farinhas embaladas em sacos plásticos podem ser empilhadas uma em cima da outra, assim como os cereais que tenham a mesma embalagem.

A carne deve ser cortada em pedaços e separada em porções. Embale cada uma delas em separado antes de congelar, rotulando cada pacote com fita crepe, ou então, etiqueta, onde você deve escrever de que tipo é e para quantas pessoas dá.

Os legumes e frutas devem ficar limpos antes de ser guardados em sacos plásticos, na geladeira. E a salsinha pode ser picada e congelada, não necessitando ser descongelada na hora em que é usada. Arrume tudo na geladeira levando em conta os cardápios da semana, ou seja, colocando na frente ou por cima o que vai ser usado primeiro.

Ervas picadas com azeite e acondicionadas em forminhas de gelo


Mercadorias que você precisa ter em casa

As latarias são, sem nenhuma dúvida, a grande solução para as emergências. Você pode comprar aos poucos e estocar na parte superior de um armário da cozinha.

Estoque quebra-galho:

Frutas em calda
Creme de leite
Leite condensado
Mistura para bolo
Chocolate em tabletes
Geleia
Salsichinhas para coquetel
Patê em lata de fígado, presunto, peru
Molho de tomate
Leite de coco
Pacote de coco ralado
Maionese
Mel
Sorvete
Carnes em latas de conserva
Legumes em lata (ervilha, milho, aspargos)

Essas foram algumas dicas de compras para as emergências. Claro que você não precisa ter todas elas ao mesmo tempo, mas com algumas delas à mão, nenhuma visita inesperada vai deixar você em apuros.


E, se precisar de ajuda para organizar sua despensa, chame Yorganiza para dar uma mãozinha...



Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

4 comentários:

  1. Querida Yolanda, seus textos são realmente inspiradores.Espero um dia organizar melhor meu tempo para colocar em prática tantas boas idéias. Grata Deborah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço a visita, Deborah. Fico satisfeita que meus textos sejam fontes de inspiração. Aos poucos, você dará seu toque pessoal na organização dos espaços que deseja que fiquem funcionais.
      Meu grande abraço,

      Excluir
  2. Ficará mais facil com um armario super bacana como aquele!

    Yolanda, sou muito organizada e gosto de tudo que seja pratico.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sissy! Agradeço o prestígio!
      É bem melhor viver num ambiente organizado, não é mesmo?
      Beijos

      Excluir

O que você achou da postagem? Dúvidas em organização?
Deixe aqui seu comentário.

Visualizações

Agradecimentos

Ari Hollaender - consultoria em Marketing

Marcadores

Voltar ao topo