Quanto custa contratar um Personal Organizer?

Quando iniciei minha atividade como organizadora profissional, o comentário que mais ouvia nas conversas com amigos, conhecidos e pessoas que me procuravam para cotar meu trabalho de organização para suas residências era: Ah... Mas esse seu serviço deve custar caro!. 

Até hoje, continuo ouvindo o mesmo comentário. Mas, será que realmente custa muito contratar um Personal Organizer?



O profissional de organização pode cobrar por hora, dia ou projeto, com base no seu tempo de experiência no mercado, a localização do cliente e sua metodologia. No entanto, antes de apresentar uma proposta, o Personal Organizer realiza inicialmente uma visita técnica para avaliar o que o cliente em potencial quer, quais são suas necessidades prioritárias e qual é a expectativa desse cliente sobre seu trabalho. Nesse momento, a medição do espaço é feita e a quantidade de objetos a serem organizados é analisada, para que se tenha uma estimativa do tempo de serviço.

Já o cliente precisa observar quais opções o profissional de organização lhe oferece, se a personalidade do organizador lhe agrada e se apresenta as habilidades que correspondam às suas necessidades.  O ideal é que o cliente fale com mais de um Personal Organizer antes de sua escolha final, por e-mail ou por telefone. Caso o cliente queira conhecer pessoalmente o organizador, alguns profissionais (não é regra) fazem uma consulta gratuita.

Dia desses recebi por e-mail de uma pessoa interessada em saber o valor para a organização de um guarda-roupa de tamanho médio (...?!).

Respondi com o seguinte argumento:

O que é valor pra você? O trabalho pode levar meio dia ou até dois dias - tudo depende do que encontraremos dentro... Vamos marcar uma visita técnica?.

A escolha definitiva do profissional não pode ser feita tão somente pelo baixo custo, pois o valor é dimensionado pelo benefício de ter o espaço organizado de forma personalizada. Como em qualquer outra prestação de serviços, os preços são flutuantes e a qualidade de trabalho, também. O cliente precisa definir o que cabe dentro de seu orçamento e decidir o que for melhor para si.

E, você? Sabe quanto custa contratar um Personal Organizer?

Numa outra postagem, atendendo às perguntas de pessoas interessadas em meu trabalho, comento sobre a média de valores cobrados por profissionais de organização e os vários serviços oferecidos.

Na página Serviços você encontra informações sobre o trabalho oferecido pela Yorganiza. Confira!

Precisando de uma consultoria em organização, não hesite em nos contatar!

Síndrome da Acumulação


Sempre que posso, assisto Acumuladores, no canal Discovery Home & Health. As imagens são fortes e os dramas pessoais dos protagonistas nem sempre são bonitos de se ver. Mas, é uma realidade não só “americana”, como pode estar do nosso lado...

O que mais me intriga é entender o porquê esses acumuladores chegaram ao ponto de transformarem suas casas inabitáveis. Entendo que, quando o individuo chega nessa situação é porque foi acometido de um transtorno comportamental e precisa de tratamento. Porém, onde estão os amigos e os familiares? Tem casos que o acúmulo se estende por anos...

Sobre o acúmulo de coisas, uma das explicações que ouvi de um terapeuta foi que as “tralhas” empilhadas na principal entrada da casa é uma forma, para o portador desse transtorno, de construir uma barreira e se proteger do mundo externo. Tem sentido, mas é muito triste!

Abaixo, transcrevo um artigo que considero importante publicar aqui porque explica sobre as diferentes formas de se identificar um acumulador. Serve como alerta para que cada um de nós possa identificar num amigo, parente ou vizinho, a síndrome da acumulação e, de alguma forma, poder ajudá-los.

Tipos de Acumulação - Perspectivas Diferentes

Muitas indústrias e profissões estão pesquisando a acumulação para tomar decisões baseadas em dados e desenvolver procedimentos de contenção, nos Estados Unidos. A comunidade psicológica usa suas próprias metodologias, trabalhando a perspectiva da saúde mental e terapia comportamental. Enquanto que agências de cuidados com pessoas mais velhas estão olhando a relação entre acumulação, demência e problemas de processamento visual ou de memória.

Acumulação não é o mesmo que bagunça. A definição clínica a seguir de acumulação foi desenvolvida em 1996, pelo Dr. Randy Frost e T. Hartl:.

(1) a aquisição de, e falha em descartar um grande número de possessões que parecem ser inúteis ou de valor limitado;
(2) espaços de convivência atravancados o suficiente para impedir as atividades para as quais estes espaços foram projetados;
(3) angústia significante devido ao prejuízo no funcionamento dos espaços causado pela acumulação.

Bagunceiros, diferentemente dos acumuladores, são capazes de jogar coisas fora e de tirar o lixo. É pouco provável que permitam que sua bagunça chegue a um ponto tão extremo que seja debilitante a suas vidas. Sua bagunça não restringe sua liberdade ou conforto ao extremo que as acumulações dos acumuladores fazem.

Comunidade Psicológica

A comunidade psicológica, utilizando terapia médica de intervenção e cognitiva do comportamento, identificou três categorias distintas de acumuladores. Estas incluem (1) o acumulador baseado em medo, (2) o baseado em culpa e (3) o sentimental.

Comunidade Protetora dos Animais

Agências envolvidas em proteção dos animais, assim como trabalhadores de abrigos, lidam com os aspectos da acumulação de bichos. David Garcia é o líder das operações para a Sociedade de Prevenção e Crueldade contra os animais do Texas. Em um artigo online datado de 17 de maio de 2002, no Greater Milwaukee Today (GM Today, produzido por Knight Rider News Service), David define os três tipos de acumuladores de animais de estimação como:
(1) Aqueles que começam depois de alguma tragédia em suas vidas,
(2) Os salvadores que acreditam que os animais estão melhores com eles do que com qualquer outra pessoa;
(3) os que acreditam que são inspirados por intervenção divina.

Comunidade de Organizadores

Os acumuladores podem não se apresentar para tratamento de saúde mental ou médico, mas frequentemente acabam precisando de intervenções de agências de saúde e planejamento. Porém, alguns procuram ajuda, sim. Organizadores que conduzem workshops para o público geral podem ter acumuladores em suas plateias.

Denslow Brown, membro da NSGCD e organizador há 20 anos, descreve os seguintes tipos especiais de acumuladores, que incluem os acumuladores potencialmente baseados em culpa e medo. As categorias incluem:

* Acumulador com Mentalidade de Escassez - Sua preocupação subjacente é o famoso "E se", como no caso de "E se a Era da Depressão voltar", "E se o Bug do ano 2000 realmente acontecer" e vários outros cenários de fim do mundo como conhecemos.
* Acumulador de Mentalidade Econômica - Ele tem a ideia de que nada deve ser desperdiçado e percepções específicas de valor. Pode, por exemplo, acumular papel de impressão e pedaços de papel para usar o outro lado. Pode, também, ser extremamente rico e seletivo em seus padrões de economia.
* Acumulador Estático por Indecisão - Este acha que não há decisões fáceis. Consequentemente, este tipo de acumulador escolhe acumular para reduzir a ansiedade de ter que tomar decisões.

A organizadora Heidi Schulz e o Dr.Roland Rotz, psicólogo clínico, começaram a trabalhar em um modelo colaborativo onde o acumulador, organizador e terapeuta se encontram no escritório do terapeuta para procurar soluções e estabelecer objetivos para trabalhos internos. Eles estão no estágio inicial de desenvolvimento de alguns protocolos, e seu trabalho é extremamente promissor.

Comunidade Acumuladora

Os próprios acumuladores estão frequentemente envolvidos em fortes esforços de procurar respostas e soluções para seus problemas. Há vários fóruns e bate-papos online, especializados em "acumuladores". Um grupo de Acumuladores/Bagunceiros no Yahoo Groups tem cerca de 80 membros e pelo menos 400 postagens por mês. Alguns grupos online oferecem orientação de voluntários terapêuticos, enquanto que outros são completamente controlados por acumuladores.

Comunidade de Cuidados Geriátricos

No campo da medicina geriátrica, o Dr. Carlos A. Reyes-Ortiz, da Cali-Columbia escreveu algumas matérias úteis conectando a Síndrome Diógenes à acumulação. Um artigo bem pesquisado no Annals of Long Term Care explica as distinções. O Dr. Reyes-Ortiz reportou que em cerca de 60% dos casos (com os idosos) o problema não é relacionado a distúrbios mentais, mas sim com um estilo de vida particular e certos traços de personalidade, como reclusão, obstinação e outras tendências isoladoras.


Se precisar de ajuda, consulte-nos! Yorganiza pode ser uma boa solução. 

Gerenciando o tempo de forma organizada

Quando escrevo neste blogue, minha proposta não é abordar a organização da mesma forma que outros blogues publicam, vários deles com muito mais propriedade do que eu – mas, tenho o propósito de trazer assuntos relacionados à organização, e que gosto de compartilhar.

Pois bem, uma das minhas paixões é a pesquisa de temas diversos e a leitura de bons textos que agreguem conhecimento. Posso passar horas em frente ao computador, ou lendo um bom livro... Claro, que também aprecio histórias engraçadas, pois rir é sempre muito bom! Também me emociono com campanhas veiculadas em vídeos, pois me fazem refletir sobre minhas próprias ações e o comprometimento para com o outro.

Bem, até aqui você deve estar se perguntando: - O que tudo isso tem a ver com organização? E eu respondo: - Tudo!

Eu organizo meu dia desde a hora que acordo pela manhã até o momento de descansar, e isso me dá a possibilidade de concluir grande parte do que planejo. Troco a novela pela leitura ou pesquisa. Quando saio de casa, passo em vários lugares, aproveitando o trajeto, e resolvo algumas pendências listadas no meu bloquinho de anotações. 

Tornar-se organizado é um aprendizado ao longo do tempo... A organização faz parte de nossas vidas, desde pequenos. Lembra-se da hora do remédio, da hora de ir pra escola, de fazer a lição de casa, de brincar, de ir pra cama? 

Eu, pelo menos, me lembro de minha avó com a chinela nas mãos, sempre que o comercial dos Cobertores Parahyba aparecia na TV com o famoso jingle: “Já é hora de dormir, não espere mamãe mandar... Um bom sono pra você e um alegre despertar!”... Nunca mais esqueci!

Na adolescência era o horário para os estudos, de chegar em casa na hora determinada pelos pais, da hora das provas infindáveis, do acordar cedo (de madrugada, segundo alguns dorminhocos).

Já na fase adulta, começou a carga horária do trabalho profissional, do prazo para a entrega dos projetos, da hora de ir às compras, do dia certo para pagar as contas sem fim...

E, tudo isso acontecia por causa do gerenciamento do tempo - uma forma organizada de distribuir as atividades de cada dia...

Eu, particularmente, utilizo uma agenda eletrônica – é ótima! Anoto minhas tarefas e vou ticando cada vez que concluo uma atividade. Na bolsa eu tenho uma agenda de mão para que eu possa anotar compromissos, quando estou fora de casa. Ando praticando a utilização do celular com seus inúmeros aplicativos, mas, e se a bateria acaba O Que Faço?


Tenho alguns blocos espalhados pela casa, pois sempre que me lembro de algo vou correndo anotar. E, como facilita! É o pó de café que preciso comprar quando for ao mercado; o eletrodoméstico que parou de funcionar; a roupa que precisa ser entregue na lavanderia; o telefonema importante para fazer no dia seguinte... Se eu não anotasse, metade eu esqueceria, na certa!

Concorda que gerenciar o tempo é uma ótima forma de se organizar e, com isso, você se torna mais produtivo? Diga-nos como você organiza seu dia, deixando seu comentário.

Numa outra postagem, trarei um guia sobre como melhorar a organização de seu precioso tempo. Por enquanto, vá listando quais são suas prioridades e compromissos – verá que a lista não tem fim... 

Organize-se! Se precisar de ajuda, Yorganiza tem a solução!

Prevenção e combate a incêndio

Passando pelo hall de entrada do edifício onde moro, vi um convite aos moradores para uma palestra de prevenção e combate a incêndio. Marquei na agenda e compareci no dia e horário previsto. Para minha surpresa, só dois condôminos como eu estavam presentes, além do síndico e outra pessoa do Conselho – os outros participantes eram os funcionários do condomínio.

Impressionante como os moradores não se interessam pela própria segurança!

Considero importantíssimo trazer este assunto para cá, depois que ouvi de uma colega organizadora profissional que presenciou um princípio de incêndio na casa onde estava trabalhando, quando, do nada, começou a sair fogo da superfície do fogão. E, o mais estranho é que os acendedores estavam desligados...

Bombeiros civis demonstrando algumas práticas 
de prevenção em casos de incêndio, 
aos alunos do Curso Fundamental.
Relato, a seguir, um pouco do que aprendi na palestra, o que me ajudou a entender como o fogo se propaga e que cuidado devo ter numa situação em que o fogo surge sem que se saiba como e por quê... 

Na história da civilização humana, um dos marcos foi o domínio do fogo pelo homem. A partir daí foi possível utilizações favoráveis, como aquecer e cozinhar alimentos. Esse fogo que tanto constrói, também pode destruir, pois ao nos sentirmos ameaçados por ele, a reação natural é fugir como faziam os primitivos. Hoje, a origem do fogo é conhecida e existem métodos e equipamentos para combatê-lo. 

Fogo é uma reação química, na qual materiais combustíveis entram em contato com o oxigênio do ar, produzindo luz e calor - essa reação química é a combustão. Para que haja combustão são necessários três elementos: Combustível, Oxigênio e Calor, chamado de Triângulo do Fogo.  Se retirar um dos lados do triângulo, não haverá fogo. A extinção de um incêndio se faz, portanto, pela eliminação de um desses elementos. 

Os três maiores vilões do incêndio são: a instalação elétrica sem manutenção e mal feita; o gás de botijão ou o gás encanado com mangueiras e registro vencidos; a vela acesa.


Métodos básicos para a extinção de um princípio de fogo. Deixe que o bombeiro apague o incêndio!

Resfriamento - Consiste em retirar o calor do material que está queimando. O agente mais comum para o resfriamento é a água.

Abafamento – Consiste na retirada do oxigênio ou substituição por outro gás inerte. O agente mais comum é o pó químico ou gás carbônico.

Retirada do Combustível – Consiste em retirar o material que está queimando e isolá-lo até o fogo ser extinto, não permitindo a sua expansão a outros materiais. 


Sugestões em casos de incêndio:


Saia imediatamente do local, antes fechando portas e janelas;
Ficando preso em meio à fumaça, use o lenço molhado junto à boca e nariz e caminhe rastejando junto ao chão, pois na parte de cima o ar fica tóxico;
Aprenda a usar os extintores;
Use as escadas, nunca o elevador;
Mantenha as rotas de fuga desobstruídas;
Mantenha as portas corta fogo, que dão acesso às escadarias, sempre fechadas;
Não use cestos de lixo como cinzeiros;
Antes de sair do trabalho, verifique se os equipamentos elétricos foram desligados;
Não cubra fios elétricos com tapetes;
Mantenha os materiais inflamáveis longe da fonte de calor;
Mantenha produtos de limpeza fora do alcance das crianças;
Prudência ao cozinhar, cuidados com ferro de passar, vela acesa sobre móvel de madeira;
Cuidados ao fazer instalações elétricas.


Você cuida de seu lar? Sua casa está organizada, a ponto de deixar você tranquilo sem a preocupação de chegar do trabalho e encontrar tudo queimado? Lembre-se, se precisar de uma consultoria Yorganiza tem boas soluções. 

Muito além de “arrumar gavetas”

Um dos episódios do Saia Justa, no GNT, causou certo constrangimento quando uma das integrantes do programa comentou “hoje se contrata ‘coach’ até para arrumar gavetas...”, na abordagem se o coach é derivado das correntes de autoajuda ou desvio da psicologia clínica(...)!?

Desse comentário equivocado, muitas profissionais de organização se sentiram ofendidas, e um debate caloroso se deu por conta disto nas redes sociais, pois a atividade de uma organizadora profissional vai muito além de “arrumar gavetas”...

Personal Organizer é um consultor, em primeiro lugar. Um profissional preparado para utilizar e ensinar técnicas, ideias e tecnologia em organização. Inicia-se o contato com o cliente através de um questionário para que o profissional faça uma análise das necessidades desse cliente, levando-se em conta o estilo de vida de todos que residem ou trabalham no mesmo lugar. A partir desse ponto, começa a elaboração do projeto de organização, que engloba o tempo previsto para o serviço e a sugestão de compra de alguns objetos organizadores, ou até de pequenas mudanças na disposição de móveis, para viabilizar o trabalho.


O trabalho de um Profissional em Organização não se resume em só “arrumar a bagunça”, pois esse profissional pode contribuir de forma eficaz na mudança de hábito dos que compartilham do mesmo espaço, diminuindo o estresse e contribuindo para a harmonia no dia-a-dia. O Organizador Profissional é um especialista em entender o cliente nas suas necessidades e estilo de vida, adaptando o espaço doméstico ou corporativo para que este seja mais funcional e prático.

Organização é um processo, não um estado alcançado em um dia. Consultar o Profissional de Organização pode ajudá-lo a criar um sistema de organização em alguns dias. Depois disso, o desafio é continuar a mantê-lo e trabalhar com ele um dia de cada vez. A boa notícia é que, uma vez que você aprenda bons sistemas, hábitos e ferramentas, a mudança torna-se mais fácil.

Só para exemplificar, num dos episódios do programa Santa Ajuda, também do GNT, a Personal Organizer Micaela Góes dá dicas para meninas ou mulheres que dividem o quarto com a irmã. Entre uma arrumação e outra, ela lembra que organização também é economia de dinheiro. Ela questiona: Já pensou em quantos pares de brinco você já perdeu? E o quanto de dinheiro você desperdiçou com a falta de organização?

Assista ao vídeo Organização também é economia de dinheiro: entenda, clicando na imagem!

Penso que todas as integrantes do Saia Justa precisam se familiarizar um pouco mais sobre a grade de programas da emissora, pois correm o risco de falar bobagem e perder audiência – uma preocupação básica de toda rede de televisão.

Eu nunca havia assistido a esse programa e fiquei pasma com as “pérolas” que ouvi, não só sobre os equívocos quanto à atividade que exerço, mas a forma debochada que abordaram temas sérios, como “Mal de Alzheimer”, Acumuladores Compulsivos e Profissionais em Coaching, dentre outros temas da atualidade. 

Como Profissional de Organização que sou, levo a convicção de que meu trabalho contribui para melhorar a qualidade de vida das pessoas, tornando tudo mais simples e mais fácil.

E, então? Gostaria de uma consultoria? Envie suas dúvidas! Yorganiza sempre tem boas ideias. 

Torne seu banheiro especial

O banheiro é um dos lugares mais importantes em qualquer apartamento. É um ambiente de refúgio, conforto e até de busca de equilíbrio. É nele que as pessoas se sentem mais à vontade. Neste sentido, um banheiro bem projetado, com aparência moderna e decoração agradável, proporciona uma sensação de bem-estar e conforto aos usuários e ainda impressiona os convidados e hóspedes.

A ventilação deve ser boa, para que o banheiro ou lavabo com o tempo não tenham nenhum problema como mofo nas paredes, comum em lugares mal ventilados. Esses ambientes devem sempre prezar pelo conforto e, mais do que qualquer outro, pela boa utilização dos espaços.

A variedade de produtos no mercado é incrível e permite infinitas combinações. Exatamente por isso, os banheiros vêm ganhando destaque nos últimos anos e tornando-se um importante local. Passaram de ambientes sem graça para espaços modernos, intimistas e multifuncionais, onde a imaginação parece não ter fim.

Capricho na hora de escolher os revestimentos, louças, toalhas, sabonetes, aromas, vasos de flores e papeis de parede são detalhes fundamentais para decorar esse que é um dos menores ambientes da casa, e, até por esse motivo, pode ser diferente do restante da decoração. É importante que a decoração dos banheiros seja autêntica, priorize a harmonia de cores e combine com os revestimentos. 

Um item muito importante é a iluminação, que pode ser usada de forma indireta. A ideia é destacar os volumes do local, formando uma atmosfera extremamente intimista e aconchegante, transmitindo uma sensação de conforto. O uso de um espelho grande preso à parede sobre a pia é outra boa dica, charmosa, e que ainda aumenta a sensação de espaço do ambiente. Prateleiras de vidro deixam o ambiente mais leve e auxiliam para guardar objetos de higiene pessoal. Para pendurar as toalhas, acessórios atrás da porta são uma boa solução.

Fonte: Vídeo Imóvel News – Edição 1959

Nota da autora deste blogue: Este artigo estava publicado num panfleto de rua, distribuído nos faróis.  Já mencionei anteriormente que toda vez que paro no farol vermelho e vejo os propagandistas entregando jornaizinhos, faço questão de recebê-los, pois sempre encontro informações valiosas como esta que transcrevi. Não tenho aqui o objetivo de fazer propaganda, mas, sim, passar o que imagino ser uma boa informação e respeitar os créditos autorais de quem escreveu a matéria.

Perceberam que o artigo é voltado à decoração? Contudo, de nada adianta um ambiente bem decorado se os objetos e acessórios não estão organizados. Você tem dificuldade em organizar seu banheiro, ou não tem disposição pra isso? Então, consulte um profissional de organização! Yorganiza sempre tem uma boa ideia. 

Filosofia Japonesa na Organização



A implantação deste programa tem como objetivo mobilizar, motivar e conscientizar as pessoas para a Qualidade Total, através da organização e da disciplina no local de trabalho ou residência. Essa metodologia é empregada para melhorar a organização dos ambientes.


O Programa 5S é assim chamado devido à primeira letra de cinco palavras japonesas:




Seiri (senso de utilização) – separar o necessário do desnecessário, eliminando do espaço o que for inútil.





Seiton(senso de organização) – Colocar cada coisa em seu devido lugar, organizando o espaço de trabalho de forma eficaz.





Seiso (senso de limpeza) – Limpar e cuidar do ambiente, melhorando o nível de limpeza. 





Seiketsu (senso de saúde) – Tornar saudável o ambiente, prevendo o aparecimento de supérfluos e a desordem.





Shitsuke (senso de autodisciplina) – Criar uma rotina e padronizar a aplicação dos “S” anteriores, incentivando os esforços de aprimoramento.


Os propósitos da metodologia 5S são de melhorar a eficiência através da destinação adequada de materiais, organização, limpeza e identificação de materiais e espaços e a manutenção e melhoria do próprio programa.




No site Plano Feminino encontrei um projeto utilizado na organização de residências. Vale a leitura e, é claro, a aplicação do 5S! 

Projeto, Planejamento e Pesquisa

O projeto surge em resposta a um problema concreto. Elaborar um projeto é contribuir para a solução de problemas, transformando ideias em ações. (Pequeno Manual para Elaboração de Projetos)


Partindo dessa definição, o primeiro passo é planejar a ação, pesquisando tudo o que é necessário para desenvolver um conjunto de atividades a serem executadas.

Trago aqui imagens de um projeto, elaborado por mim e Valéria Ribeiro Ferreira, numa parceria que uniu forças e conhecimento, solucionando o problema de um gabinete sob a pia da cozinha de um pequeno apartamento. 


Projeto: o problema do gabinete é que a madeira das prateleiras estava em péssimo estado de conservação, além de espaços mal aproveitados. 


Planejamento: O primeiro passo foi esvaziar o gabinete, tirando as prateleiras e fazendo a triagem dos utensílios.


Pesquisa: Dentre as soluções existentes, a escolha dos aramados deslizantes foi a melhor opção para organizar e aproveitar toda a extensão do gabinete.


Finalização: a distribuição dos utensílios por categoria nas gavetas contribuiu para melhorar o visual e proporcionar agilidade e conforto na hora de encontrar o que se procura.

Dê sua opinião sobre o que achou do projeto finalizado!

Procurando solução para seus problemas? Yorganiza pode ser uma boa ideia.

Cuidando do seu Lar

Todos os dias eu levo meu cãozinho para passear numa praça pública, perto de casa. Dias desses, vi espalhadas no chão as folhas caídas de uma árvore que, na semana anterior, estava no seu auge.  Então, notei um exército de formigas cortadeiras que trabalhavam vorazmente. 

É certo que as formigas são lixeiras naturais, porém, aquela formiguinha minúscula que aparece em casa... Vou te contar!

Prepare o seu corpo para a queda de temperatura

Quando estou no farol aguardando o semáforo abrir, sempre recebo propaganda de novos condomínios em construção ou jornais gratuitos. Costumo aceitá-los, porque eles trazem alguns textos bem interessantes, como o que transcrevo abaixo. São dicas da Secretaria de Estado da Saúde para evitar que alergias, resfriados, asmas e gripes se intensifiquem com a queda na temperatura. Confira!

Sob o olhar da organização




Visitei a Casa Cor na última semana do evento, que aconteceu de 28 de maio a 21 de julho no Jockey Club de São Paulo. Foi uma tarde ensolarada e agradável, acompanhada de Valéria, uma amiga, também Personal Organizer e que me ajudou com a câmera do celular.

Fomos com o intuito de observar os espaços projetados e, é claro, com visão de organizadoras profissionais que somos. Eu já havia tido informações de que não havia muita coisa em termos de produtos organizadores utilizados na montagem dos espaços... Afinal, o foco estava voltado para a arquitetura, design de interiores e decoração, além do paisagismo.




Alecrim e Erva-doce

Inspirada nos tons que estão sendo aplicados na pintura do condomínio onde eu moro hoje, abordo sobre a importância da utilização correta da cor tanto na decoração de uma residência quanto na organização de espaços

Primeiro, quero contar minha experiência quando de minha mudança de volta para meu apartamento que estava alugado havia um bom tempo.

Organização e as pessoas que convivem sob o mesmo teto



Na minha publicação anterior escrevi sobre a teoria do caos, padrão de organização dentro de um fenômeno desorganizado, mas que pode causar stress pelo desconforto de se perder o controle da situação.

Hoje, quero abordar exatamente o oposto: a organização extrema!

Teoria do Caos

A ideia central dessa tese é que pequenas alterações numa situação trazem efeitos incalculáveis. A teoria do caos é um padrão de organização dentro de um fenômeno desorganizado.

O estudo da desordem organizada foi proposto pelo meteorologista Edward Lorentz. Ele desenvolveu um modelo que simulava no computador a evolução climática. Em suas simulações, Lorenz imaginava que pequenas modificações nas condições iniciais acarretariam alterações também pequenas na evolução do quadro como um todo. Porém, o que ele obteve de resultado foi o contrário, as pequenas modificações nas condições iniciais provocaram efeitos desproporcionais.

Liberando espaço para um Home Office

Transformei um dos cômodos onde moro num pequeno escritório, pois é onde passo uma boa parte do tempo quando estou em casa. Aos poucos, estou adaptando o ambiente a fim de torná-lo prático e confortável.

Comecei, dando outro destino a alguns objetos e papeis que já não eram mais úteis. É impressionante o que se pode juntar num curto espaço de tempo!

Quando se arruma uma gaveta, por exemplo, o objetivo é se livrar do que é supérfluo e tirar proveito do que você tem. Pense nas vantagens do espaço adicional, depois de tudo arrumado.

Fazer compras nos torna mais felizes?

Conversando outro dia sobre o quanto as pessoas acumulam coisas, me foi recomendado assistir ao vídeo Story of Stuff.

Obrigada pela indicação, Deborah!

A ambientalista, Annie Leonard, explica como funciona o sistema linear do capitalismo, e como isso prejudica o planeta.

Da extração e produção até a venda, consumo e descarte, todos os produtos em nossa vida afetam comunidades em diversos países, a maior parte delas longe de nossos olhos.

O que você consegue em oito minutos?

Dia desses tive a curiosidade de saber o que eu poderia fazer num curto espaço de tempo. Cronometrei e listei as coisas que eu fazia, enquanto o café ficava pronto. 

Mas, antes, quero contar por que eu sei exatamente o tempo de preparo do meu cafezinho.

Trabalho na cozinha - Parte 2


Mantenha a despensa sempre bem equipada

Nada de comprar latarias em demasia ou cereais em quantidades exageradas: lata enferruja e os cereais são vítimas de bichinhos. No entanto, é preciso estar preparado para receber uma visita inesperada.

A boa organização de sua vida doméstica depende única e exclusivamente de você. De nada adianta, por exemplo, trazer pacotes e mais pacotes de compras para dentro de casa, se não tem onde guardar essas compras. Hoje em dia, as cozinhas são menores e as famílias também. Assim, ao invés de abarrotar sua despensa e, na hora de cozinhar, ficar procurando aquela latinha de tempero que o prato exige, faça um planejamento semanal para suas compras.

Trabalho na cozinha - Parte 1


Houve uma época em que eu recortava alguns artigos de revistas e os guardava para uma eventual consulta. Eu tinha várias pastas (daquelas com plásticos transparentes), catalogadas conforme o assunto. Hoje, mantenho algumas delas.

Encontrei uma matéria da Revista Claudia, da década de 80, e transcrevo aqui, com algumas adaptações, porque considero o tema atemporal.

Imagine uma cozinha onde tudo funciona. Nela existe uma despensa pronta para enfrentar um jantar de última hora, a geladeira só tem produtos de qualidade, os cardápios são elaborados facilmente. Enfim, a cozinha onde cozinhar é um prazer e que pode ser a sua!

Qual serviço é de competência da Organizadora Profissional?


Tenho tido contato com algumas colegas Organizadoras Profissionais e há um debate bastante acalorado a respeito da atividade exercida e sua complexidade. Nas minhas pesquisas, encontrei várias definições e conceitos que geram dúvida quanto ao serviço profissional.

Personal Organizer é um consultor, em primeiro lugar. Inicia-se o contato com o cliente através de um questionário para que o profissional faça uma análise das necessidades desse cliente, levando-se em conta o estilo de vida de todos que residem ou trabalham no mesmo lugar. A partir desse ponto, começa a elaboração do projeto de organização, que engloba o tempo previsto para o serviço e a sugestão de compra de alguns objetos organizadores, ou até de pequenas mudanças na disposição de móveis, para viabilizar o trabalho.

O fim do servicinho...


O título desta postagem, manchete recente de jornal, refere-se aos direitos do trabalhador doméstico. Outros periódicos também abordaram o tema com mais profundidade.

Todos defendem a regulamentação da categoria, mas são unânimes em afirmar que as novas regras (o que é de direito desses trabalhadores) pesarão no orçamento doméstico de quem conta com o serviço de uma mensalista em casa.

Limpeza de casacos pesados

Com o tempo esfriando, é hora de tirar as roupas mais quentes do armário... Surpresa! Algumas apresentam aquele aroma desagradável de guardado. Outras trazem os pontinhos brancos característicos do mofo, que dificilmente conseguimos extinguir por completo.

Eu, particularmente, moro num lugar onde tem muitas árvores e bate pouco sol. Logo cedo, abro todas as janelas para que o ar circule e deixo as portas dos guarda-roupas abertas. Mesmo assim, algumas peças são mais suscetíveis ao mofo.

O dia tem 24 horas

Utilizo esta agenda virtual da NOTO
É bem prática!
Se o dia tivesse 36 horas... Ainda, assim, faltaria tempo para tudo o que a gente se propõe a fazer.  Mas, por que essa sensação de que o dia ficou curto? Excesso de atividade ou falta de planejamento?

Cheguei a algumas conclusões sobre o assunto e escrevo aqui sobre uma experiência recente.

Onde pendurar a roupa?


Em apartamentos, a área de serviço é cada vez menor. Existem soluções bem práticas e acessíveis para transformar esse espaço mais agradável na hora de colocar a “mão na roupa”.

Hoje, vamos ver algumas soluções de varais. Existe muita variedade no mercado. Vejamos alguns!

Uma pausa para o cafezinho...



Hoje, estou estreando a bandeja e o porta adoçante que minha filha confeccionou pra mim: Um belo trabalho em mosaico! Reorganizei o cantinho da cozinha onde faço minhas refeições do dia-a-dia, para dar espaço ao gracioso presente.

Depois dessa pausa, quero mesmo é falar sobre o cultivo de plantas em casa.

Ambiente de trabalho organizado

“Hoje em dia, manter-se organizado é uma qualidade essencial aos olhos dos gestores modernos. Se você mexe com muitos papeis, procure ter prateleiras ou pastas para organizá-los. Este procedimento evita uma área desorganizada e demonstra maior zelo e responsabilidade com os documentos de trabalho.”

Ambiente de trabalho organizado gera produtividade e incentiva a criatividade”, de Ana Victorazzi. Clique no título para ler a matéria completa.)

A seguir, meu comentário no blogue da autora:

Elimine tralhas da área de serviço!


Tralhas servem essencialmente para ocupar espaço e para aumentar o caos.

Esta frase é um fragmento da postagem “Histórias sobre Tralhas”, do novo blogue Serious Complexity, da amiga e escritora Ana Reis. Claro que a autora dá uma conotação abstrata, quando se refere a “eliminar as tralhas que mantém na vida e na casa”...

Nesta semana, iniciei um trabalho onde retirei três sacos de “tralhas” para começar a organizar o espaço. Então, achei oportuno trazer para cá o assunto Área de Serviço - existe lugar melhor para “guardar” tudo o que não queremos deixar à vista?!

Cozinha nova é que faz comida boa


Uma solução simples de organizar,
e que não ocupa muito espaço perto do fogão.
Gosto de cozinhar e, sempre que posso, assisto alguns programas como Homens Gourmet no Bem Simples, e Cozinha Prática no GNT. As receitas são bem práticas e as dicas fabulosas!

O que mais observo, além da preparação dos pratos, é o cenário dos espaços gourmet. Tenho implantado algumas ideias em meus projetos e, nas minhas pesquisas, constatei que existe muito material de organização disponível. São peças extremamente práticas e versáteis. Uma delas é o suporte para papel, escumadeiras, temperos e outros utensílios. 

Organizar, segredo do bem viver


“Ao construir uma casa ou decorar um cômodo, as pessoas querem mostrar quem são, lembrar de si próprias e ter sempre em mente como poderiam ser. O lar, portanto, não é um refúgio apenas físico, mas também psicológico, o guardião da identidade de seus habitantes.”

(Alain de Botton, no livro A Arquitetura da Felicidade –Revista Decorar)

Com essa frase inicial, posso complementar que o profissional em Organização também faz parte desse universo, contribuindo para que os indivíduos de uma mesma casa possam ter seus espaços organizados e personalizados, onde cada um reflete seu modo de ser e estar.

Sexta-feira, dia de organizar a casa


O lançamento do blogue Yorganiza - Personal Organizing foi numa  sexta-feira, dia 25 de janeiro - por sinal, data de aniversário da cidade de São Paulo. 

1º: a data é um marco histórico, principalmente porque estou de volta a São Paulo, numa nova atividade. 

2º: é costume deixar a casa arrumada e organizada na sexta-feira para receber familiares e amigos no final de semana, - meu espaço virtual também precisa estar pronto para receber visitantes. 

Como me tornei Organizadora Profissional


Organização de espaços é algo que tenho feito ao longo do tempo, desde a infância quando eu guardava meu material escolar, dividindo o armário da sala com meus irmãos.

Na adolescência, ao fazer o curso técnico de Secretariado, também aprendi técnicas para gerenciar o arquivamento manual ou eletrônico de documentos empresariais, classificando, guardando e mantendo-os em locais por um tempo determinado.

Cursei a Faculdade de Letras e fazer o planejamento detalhado de aulas foi um aprendizado bem interessante para colocar em prática meus conhecimentos na formação de crianças e jovens.

Ao sair dos cuidados de meus pais para me casar, além da administração doméstica e educar filhos, conciliando com minha profissão, passei por várias mudanças de casa. Isso me deu uma larga experiência em como planejar bem os espaços de uma residência.

Dando início à atividade domo Personal Organizer

Por que não aproveitar minha formação, minha experiência e gosto pela organização, minha atuação como blogueira amadora e colocar tudo isso em prática? Foi o que fiz. Inscrevi-me na OZ Organize sua Vida!,  instituição associada à NAPO - National Association of Professional Organizers, que é a maior e mais respeitada associação norte-americana de organizadores profissionais do mundo.

Comecei, então, esta nova atividade na prestação de serviços para pessoas que disponibilizam de pouco tempo para a organização doméstica e dei a largada inicial, criando este blog profissional Yorganiza - Personal Organizing.

E, você? Gosta das coisas organizadas e não tem tempo? 

Aqui estou para oferecer a você meu trabalho de consultoria.  A organização pessoal serve para ganhar tempo em todas as necessidades do dia a dia, melhorando também a qualidade e o desempenho em realizar outras tarefas. O investimento será na qualidade de vida que você terá depois que tudo estiver no lugar certo.

“Conte com a ajuda de uma Organizadora Profissional e tenha mais tempo!”

Visualizações

Agradecimentos

Ari Hollaender - consultoria em Marketing

Marcadores

Voltar ao topo