Bagunça todo mundo tem



Recebo Informativos de sites, normalmente relacionados à minha atividade como Profissional de Organização. Nesta semana a OPPA enviou um link muito bom que, ao abrir a página e passar o mouse nas imagens aparece um cenário decorado com a peça que se está vendo. Achei fantástico, porque dá uma boa idéia de como ficaria aquele móvel num espaço planejado. E fica claro como a organização sempre está presente.

Outro Informativo foi o de Flávia Ferrai do DECORA CASAS, trazendo algumas ideias para facilitar sua vida. São peças super graciosas que compõem um visual moderno e, como ela mesma comenta: são dicas para organizar muito simples e rápidas de implantar, mas que podem fazer uma bela diferença em seu dia a dia. Mais uma vez a organização é mencionada como uma necessidade diária e constante para tornar o espaço doméstico prático e organizado, com utensílios à mão, fácil de usar e fácil de guardar.


São imagens deliciosas de se ver e degustar... E, quem sabe inspirar você a se organizar melhor. Vale conferir!

Precisa de uma consultoria em organização? Chame Yorganiza para deixar a bagunça fora de sua vida! 

Minha vida bagunçada

Josh Freed, premiado cineasta, escritor e jornalista canadense fez um documentário de 60 minutos sobre o caos na vida cotidiana (My Massy Life– 2008). Ele mesmo se intitula um “bagunceiro”. Veja na foto seu “escritório criativo”! Ele segue uma jornada para encontrar bagunceiros de sucesso e examinar a relação entre a criatividade e o caos. 

Bagunceiros ou singularmente organizados?

Esta é a pergunta que inicia o documentário. O jornalista entrevista colegas de bagunça para investigá-los e entender o horror que a desorganização gera na maioria das pessoas. São mencionados vários exemplos de celebridades que tem na “bagunça” seu ponto de equilíbrio e criatividade, como por exemplo: o psicanalista Sigmund Freud, o cientista Albert Einstein, a escritora J. K. Rowling (autora de Harry Potter), dentre tantos outros...

Josh Freed aborda a Teoria do Caos, para exemplificar que a estação do Outono é o caos necessário ao equilíbrio ecológico; a existência de países caóticos (Índia, com sua diversidade) e nações organizadas (Holanda, com sua organização exemplar); os relacionamentos conturbados fazem parte da condição humana e; citações como “Quem cria, faz bagunça” e “O mundo é caótico”...

O que eu, como profissional de organização, concluí com esse documentário? 





A BAGUNÇA ESTRESSA!





Então, para que você também não se estresse, compartilho as dicas de Antoniele Fagundes, Consultora Familiar orientando famílias em questões domésticas e familiares.

(Clique no título para ver o artigo completo no Finanças Femininas)

1. Coloque todos os artigos do mesmo estilo no mesmo lugar.
2. Acostume-se a fazer um descarte periódico 
3. Organize seus armários. 
4. Crie o hábito de abrir todos os dias a sua geladeira e os armários da despensa. 
5. Tenha luvas descartáveis, papel toalha e produtos de limpeza para uso direto no chão.
6. Monte um pequeno kit de limpeza para deixar à mão. 
7. Nunca acumule papeis em sua casa. 
8. Programe-se para ficar, pelo menos um pouco, em sua casa no final de semana. 
9. Não superlote nenhum espaço. 

Precisa de uma consultoria? Contate Yorganiza e se livre da bagunça!

80% dos executivos preferem dedicar seu tempo à vida pessoal

Li, recentemente, numa nota de jornal: “Executivos querem trabalhar menos”. Uma pesquisa mostra que 62% dos executivos homens estão insatisfeitos como distribuem seu tempo. Quanto às mulheres, o índice de insatisfação vai para 69%, pois se sentem sobrecarregadas. 

Esse estudo levantou o tempo em cada atividade diária. O que me chamou a atenção foi constatar que somente em 14% do tempo, esses executivos dedicam-se à família e em 8% do tempo ao lazer. A pesquisa concluiu que quase 80% dos entrevistados, se pudessem, diminuiriam o tempo dedicado ao trabalho e aumentariam o tempo com a família, dentre outras opções, como cuidados com a saúde e atividades físicas. 

Bem, isso me fez pensar quais seriam as razões para que esses executivos insatisfeitos trabalhassem tanto e deixassem de usufruir de sua vida pessoal. Uma das causas pode ser não se sentirem bem em suas casas... Será que gerenciam bem o tempo e os afazeres domésticos? Estariam vivendo no caos?

Numa de minhas visitas técnicas ouvi de um cliente que eu não me importasse com o acúmulo de objetos espalhados em todos os ambientes, pois aquela casa servia apenas como um lugar para dormir... Minha tarefa foi tentar mostrar que o importante era o bem-estar e segurança de todos os quecompartilhavam o mesmo espaço.


Já comentei antes “O lar é o refúgio de seus habitantes.”, portanto, uma casa organizada, com espaços funcionais e cada coisa no seu devido lugar, sem acúmulo de coisas e tarefas por fazer, facilitam, e muito, para que o tempo seja aproveitado de uma maneira melhor, transformando a moradia num lugar aconchegante e agradável.

Isso seria uma mudança de hábito que, certamente, contribuiria para que aqueles executivos da pesquisa conseguissem equilibrar melhor o tempo de trabalho e se dedicassem mais ao que gostariam de fazer.

E, você? Como gerencia seu tempo, sua casa, seu trabalho e sua vida pessoal?

Precisa de uma consultoria? Yorganiza vai até você!

Trabalho e lazer na Casa Cor

No ano passado estive na Casa Cor com o intuito de observar os espaços projetados e, é claro, com a visão de profissional de organização. 

Acabo de visitar a edição deste ano, mais uma vez com a amiga Valéria, que há tempos estávamos marcando para sair. Foi uma ótima oportunidade de reencontrá-la e passar uma tarde agradável, visitando os 79 espaços planejados no Jockey Club de São Paulo.

Os estandes encantam e enchem os olhos. Se você tiver a oportunidade, vá! O clube é charmoso, a área verde exuberante!


Em minha opinião, neste ano os projetos apresentados estão mais próximos do que se pode dizer “dentro de uma realidade possível”, sem luxo demasiado, no entanto, arrojados, práticos e funcionais.  

As cozinhas estão cada vez mais a serviço do morador, com gavetas deslizantes, divisórias que facilitam a organização de todos os utensílios, bancadas espaçosas, que inspiram o gosto pela arte de cozinhar e receber.

Um toque de organização

Sob o olhar da Organização, fui observando cada estande, a disposição dos objetos de decoração, a funcionalidade dos móveis e a praticidade proposta pelo arquiteto. Neste ano, percebi uma maior preocupação em oferecer ambientes aconchegantes e minimalistas. 

Uma lavanderia completa e um aparador com taças de cristal organizados!

Livros que fazem o papel de mesinha de canto ou parte da decoração!

A bancada livre no banheiro dá a idéia de lugar limpo e organizado!

Solucionando o problema de espaço

                          Recorte vira criado-mudo!   Uma cozinha dentro do armário!

O que me chamou a atenção

Réplica de uma sala de estar ao estilo europeu

A arte de receber!

Uma pequena horta caseira num gracioso carrinho!

Um cantinho charmoso para leitura ou trabalho!

Criatividade!

Sofisticação!

Ambiente despojado!

Minimalista!

Charme!

Sonho!

Foi montado um estande apresentando a solução inteligente para um apartamento com 30 e poucos metros quadrados. Precisa ir lá pra conferir!

Como organizadora profissional, essas exposições são importantes para que eu conheça as várias tendências do mercado e, assim, poder atender melhor as necessidades dos clientes quando consultada para um trabalho de organização. 
Precisa de ajuda? Consulte Yorganiza!

Visualizações

Agradecimentos

Ari Hollaender - consultoria em Marketing

Marcadores

Voltar ao topo