Personal Photo Organizing, conhece?


Se você tem fotos que marcaram momentos felizes, grandiosos e importantes em sua vida, mas estão espalhadas pelas gavetas, em caixas ou todas juntas e misturadas no Smartphone ou computador, não se desespere! Existe um novo serviço: Personal Photo Organizing, que é a organização personalizada de fotos impressas ou digitais e muito mais...  

Imagem de várias fotos misturadas
Banco de Imagens Pxhere
Nenhuma outra forma de expressão artística é tão contundente, tão profunda, tão exata, tão crua, ou tão emotiva como uma fotografia. Convertam-se em biógrafos das imagens de sua vida!” (F.Sáinz)

Foi no dia 19 de agosto de 1839 que a fotografia foi anunciada ao mundo oficialmente, em Paris, na Academia de Ciências da França, consagrando o daguerreótipo (aparelho que leva o nome do inventor), processo desenvolvido pelo francês Louis M. Daguérre, que consistia numa película de prata pura sobre o cobre e que registrava a imagem capturada numa câmara escura.

A Fotografia ou o retrato são as marcas do passado que foram congeladas no tempo, e que nos dá hoje o privilégio de mostrar tudo aquilo que ficou registrado na nossa memória através de uma foto ou retrato, como queiram.

A magia da fotografia é isso: registra um passado com sua história. Um instante de tempo congelado na memória.

O fotógrafo profissional faz um número considerável de disparos com sua máquina fotográfica e seleciona a que mais se destaca, tanto pela originalidade e beleza, como pelo momento exato e único.

Retratos com histórias é uma sequência de fotos em branco e preto de celebridades em ocasiões especiais, acompanhas de um comentário do fotógrafo Eduardo Gageiro

Deleite-se!


Meu saudoso marido adorava registrar todos os momentos em família, registros esses que ficaram eternizados em fotografias e filmes e, claro, na memória. Revendo álbuns de fotos é como se eu entrasse numa máquina do tempo e vivenciasse cada instante flagrado. São recordações de uma época feliz, sem dúvida.

Um Photo Organizer ajuda a materializar as memórias de seus clientes e o grande desafio é organizar a grande quantidade de fotos em papel que estão soltas e armazenadas em caixas pela casa do cliente, ou que foram salvas digitalmente em vários dispositivos. Uma vez organizadas as fotos, a história de cada cliente é preservada e o acesso a elas fica muito fácil e prático. 

Cathi Nelson, autora do livro 'Photo Organizing made easy' explica que para ter todas as fotos da família em um só lugar, basta reunir as ferramentas necessárias para concluir este importante trabalho. Deve-se pensar nisso como algo semelhante à construção de uma casa. Primeiro, você precisa da base e, depois, das ferramentas.

Ao organizar fotos, vivencio a história do cliente através das imagens registradas pela câmera fotográfica. Conforme vou separando as fotos, categorizando por temas e ordem cronológica, inserindo nos álbuns, sejam físicos ou digitais, acabo conhecendo cada um, como personagens de uma linda história. É um trabalho gratificante.


Imagem de organização de fotos


Qualificada pela Zezé Zimerman Photo Organizer, em seu novo escritório no Parque Residencial Savóia, construído na década de 1930 e tombado como patrimônio histórico, em 2009.

As técnicas aprendidas no curso contribuirão em meu atendimento às pessoas que são cronicamente desorganizadas, ajudando-as a manter suas principais recordações nostálgicas e cheias de afeto dos bons momentos da vida.

Estou apta a ajudar você na tarefa de organização de fotos e, ainda ofereço:
  • Montagem de álbuns personalizados
  • Digitalização de fotos
  • Criação de álbuns com memórias escolares
  • Foto-presentes
Se você quer organizar suas fotos e não encontra tempo para isso ou não sabe por onde começar, seus problemas acabaram. Yorganiza faz isso por você!

Depois de tudo organizado, você poderá reunir a família e amigos e compartilhar o registro de suas memórias e até presenteá-los com pequenos mimos, através de foto-presentes!

Faça de sua história registrada em fotos um evento maravilhoso. Experimente! Valerá a pena.

Meu abraço,
Yolanda Hollaender

Sócio fundadora da ANPOP e membro do ICD

Morar com desapego e viver de um jeito simples


Será que um apartamento ou casa pequena proporcionam conforto e aconchego para o morador? Você verá que um mobiliário planejado, aliado à organização, pode tornar um espaço reduzido num lugar agradável de se viver.

Imagem de casas pequenas geminadas ao longo da rua

A tendência das grandes cidades é viver em residências cada vez menores. As pessoas não querem mais ter raízes num mesmo lugar – querem viajar e ter moradia em lugares diferentes, sem se preocupar em ter que vender o carro, a bicicleta ou até mesmo o apartamento.

Pesquisas recentes mostram que no Brasil existem mais de 77 milhões de pessoas solteiras! Muitos moram sozinhos, trabalham fora e passam pouco tempo em casa. 

Quantos m² são necessários para se morar?

A marcenaria e a multifuncionalidade dos móveis são pontos fundamentais para a integração dos espaços, o que proporciona maior liberdade na distribuição dos cômodos e, em contrapartida, menor preocupação com a privacidade

Segundo uma reportagemdo programa Mundo S.A., do canal G1, sobre a especialização da Vitacon na concepção de apartamentos supercompactos, foram lançados em São Paulo, desde 2010, mais de 30mil apartamentos com menos de 40m², visando atender desde estudantes, jovens adultos e idosos, que preferem viver perto do trabalho e de serviços, e até moradores de outras cidades que ficam nas grandes cidades somente em dias úteis.  

A construtora Vitacon, por exemplo, projeta condomínios com apartamentos de 10m², que oferecem serviços nas áreas comuns como: Academia, Lavanderia e Cozinha compartilhadas, Coworking, Salas de Reunião e até Sala de Ferramentas. Pode-se, também, contar com bicicletas e carros compartilhados.

Esses são os novos termos que daqui para a frente, farão parte do vocabulário de quem está procurando um imóvel para comprar ou alugar, nas grandes cidades:

Compactos Inteligentes – apartamentos com metragem pequena, a partir de 10m².

Economia Compartilhada – a área comum do prédio é uma extensão da casa.

Mobiliário Inteligente – móveis com várias funcionalidades, sendo possível configurá-los para cada momento do dia (uma mesa vira escritório, depois de fechada consegue-se transformá-la para uma mesa de jantar e, uma vez recolhida, vira um ambiente de dormir).

Tecnologia Embarcada – torna tudo simples e fácil, como por exemplo a fechadura automatizada que se abre com um aplicativo no celular.

Central de Inteligência – pode-se controlar qualquer um dos aparelhos por voz ou apertar um botão de uma geladeira inteligente para fazer a lista de compras ou ver uma receita preferida.




E a organização dos espaços reduzidos, como fica?

Morar em residências compactas é um estilo de vida para quem vive nos centros urbanos. 

É necessário se desapegar dos bens e de ser uma pessoa acumuladora, passando a ser minimalista. Será preciso adaptar-se a ter menos e optar por uma vida mais simples.
Segundo o professor de Antropologia da USP José Guilherme Magnani, nos apartamentos supercompactos a casa se converte em um ‘refúgio’, um lugar de absoluta vivência individual.

Mesmo optando por ter residências menores, o incentivo ao consumo não diminui. Como resolver isso?

  • Parece óbvio, mas a principal ação é comprar menos porque ter muitas coisas não faz a pessoa melhor.
  • Esvazie os armários e escolha o que é essencial e o que vai manter, desde que caibam nos ambientes destinados para guardar, criando soluções para o espaço disponível.
  • O guarda-roupa cápsula é uma boa opção: o conceito é ter 36 peças de roupa, número suficiente para as 4 estações do ano. Vale tentar o desafio!

Imagem de roupas e acessórios, formando looks e compondo o guarda-roupa cápsula

  • Diminua para 2 ou 3 jogos de roupa de cama, mesa e banho, que atendem bem às necessidades: um jogo em uso, o outro na lavanderia e um de reserva.
  • Mantenha apenas 2 jogos de louça e talheres para até 4 pessoas, um jogo para o dia a dia e um para ocasiões especiais.
  • Estoque pequena quantidade de mantimentos, calculando que dure por uma semana. 
  • Conserve o material de higiene e de limpeza, apenas os que estão abertos e, conforme forem acabando, preencha na lista de compras, assim facilita da próxima vez em que for ao mercado.
  • Utilize como arquivo uma pasta classificadora de A a Z ou de 01 a 31 para documentos pessoais, contas a pagar e contas quitadas – ocupa pouco espaço e mantém todos os papéis juntos para consulta, quando precisar.
  • Quando os cômodos são pequenos, o uso de um espelho dá maior amplitude aos espaços. Poucos objetos sobre mesas e balcões facilitam a conservação e limpeza dos ambientes.
Há de chegar o dia em que a solução de moradia será como nos desenhos de Hanna-Barbera ‘Os Jetsons’ com suas cidades flutuantes – hoje, já existem roupas sendo confeccionadas à base da nanotecnologia, refeições balanceadas e desidratadas, carros elétricos sem motorista... Só falta, então, a construção de casas compactas no espaço aéreo.   

A falta de imaginação é o maior limitador, e não a metragem.

Ficou difícil organizar sua nova moradia supercompacta? Um Personal Organizer está apto a te ajudar. Chame Yorganiza que irá apresentar a você soluções para seus problemas de organização!


Meu abraço,

Yolanda Hollaender


Sócio-fundadora da ANPOP e membro do ICD

Visualizações

Agradecimentos

Ari Hollaender - consultoria em Marketing

Marcadores

Voltar ao topo